Pragas Urbanas


RATOS

Os roedores são mamíferos muito habilidosos. Atualmente são descritos cerca de 2000 espécies de roedores no mundo. Pertencem a Ordem Rodentia e a família Muridae. Uma característica fundamental do grupo é o crescimento contínuo dos dentes incisivos.

Existem três principais espécies que são pragas urbanas, com diferenças comportamentais importantes que interferem diretamente nas estratégias de controle.

Sobre os danos econômicos, há estimativas de que danificam 5 a 10 vezes mais o que consomem, destruindo cerca de 20% da produção mundial de grãos.

Devido ao crescimento contínuo dos dentes incisivos, roem para se alimentar, para abrir caminhos e para desgastar os dentes, provocando curto circuitos ao roer fiações elétricas.

ratos, ratasanas

Podem transmitir diversas enfermidades ao homem e animais domésticos, como leptospirose, hantavirose, peste bubônica, tifo murino, triquinose e salmonelose.

As três espécies consideradas pragas urbanas são: Rattus Norvegicus (ratazana, rato de esgoto); Rattus rattus (rato de telhado, rato preto); Mus musculus (camundongo, catita).

As ratazanas têm hábitos extra domiciliares, são ótimas escavadoras, costumam construir tocas no solo, vivem nos esgotos e buscam alimentos em lixeiras, quintais, em áreas externas principalmente. São encontrados também invadindo armazéns, mercados e mais raramente dentro das casas. São hábeis nadadoras, os adultos tem corpo grande podendo chegar a 300g de peso.

Os ratos de telhado têm hábitos intradomiciliares, preferem viver dentro das áreas edificadas, em forros e outros locais altos e protegidos. São ótimos escaladores e têm bom equilíbrio, corpo menor que o da ratazana, pesando pouco mais de 200g, focinho pontiagudo, orelha e olhos grandes.

Os camundongos têm hábitos intradomiciliares, são freqüentemente encontrados em cozinhas, dentro de fogões, máquinas de lavar, acúmulos de madeiras, caixas e outros materiais. Podem habitar o solo e partes altas também, tem corpo pequeno, em torno de 30g, a cabeça com o corpo tem cerca de 10 cm, focinho pontiagudo, orelhas grandes, olhos pequenos, fezes com aproximadamente 0,5cm.

A desratização é um processo extremamente importante para o controle de ratos. Estes animais possuem grande facilidade de reprodução, além de transmitir diversas doenças, por isso é mais que uma questão de higiene, é um assunto de saúde pública.