Pragas Urbanas


CUPIM DE SOLO OU SUBTERRÂNEO

Cupins ou térmitas são insetos que se alimentam de madeira (e outros componentes celulósicos) e, em seu habitat natural, desempenham uma importante função na natureza relacionada a converter restos vegetais e árvores mortas em matéria orgânica (húmus), que é um dos componentes enriquecedores do solo.

Pertencem à Ordem Isoptera (iso = igual, ptera = asa), com mais de 2700 espécies descritas e ainda muitas a serem descritas, pouco mais de 80 espécies são consideradas pragas que causam prejuízos econômicos.
São insetos sociais, contendo em uma colônia indivíduos de diferentes castas: alados, soldados e operários; além de ovos e jovens.

Devido a estas características, estes insetos apresentam-se potencialmente danosos ao homem quando encontram madeira ou outros materiais celulósicos de importância econômica, tais como madeiras com função estrutural em residências, livros, móveis, entre outros.
Das principais espécies existentes no Brasil, podemos agrupá-las em 3 grupos: cupins arbóreos, cupins de madeira seca e cupins subterrâneos.

cupim de solo, cupim subterraneo

PRINCIPAIS ESPÉCIES DE CUPINS NO BRASIL

– Cupim de Madeira Seca – Cryptotermes brevis
– Cupins Subterrâneso – Coptotermes gestroi; Heterotermes assu, Heteroternes longiceps, Heterotermes tenuis

Coptotermes gestroi é uma das espécies de cupins denominados Cupins Subterrâneos, pelo fato dos ninhos serem construídos no solo, abaixo da superfície, sendo, sem sombra de dúvida, a espécie invasora de estruturas de maior importância no Brasil.
Além de construírem seus ninhos no solo, sabe-se que esta espécie também constrói ninhos aéreos, sem nenhum contato com o solo, particularmente em caixões perdidos ou vãos estruturais no interior das edificações, sendo a espécie que mais prejuízos causam à madeira, em todo o mundo.

No Brasil, acredita-se que o C. gestroi fora introduzido no final do século 19, através de importações de materiais infestados que chegaram por cidades portuárias. Estabelecido nas cidades portuárias, através das malha ferroviárias, foram se disseminando para o interior, atingindo cidades como São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, entre outras.

Esta espécie de cupim infesta domicílios, árvores ornamentais em parques, jardins, madeiras em geral, formando colônias com mais de 100.000 indivíduos. Normalmente são construídos ninhos no solo ou em locais ocultos e úmidos tais como em porões, caixões perdidos, lajes duplas, frestas em construções, vão de escadas, entre outros.

Este cupim não necessita de contato com solo para se desenvolver, desde que tenha contato com a água, com materiais que simulem o solo e, logicamente, madeira ou material celulósico. Há casos de infestações nos andares mais altos de grandes prédios e ausência de focos nos andares logo abaixo. No entanto, pode haver, também, o foco proveniente do próprio solo.

O gênero Heterotermes tem diversas espécies de importância agrícola, principalmente na cultura de cana de açúcar. No interior, tem sido relatada sua ocorrência, causando prejuízos materiais, principalmente em áreas de campo ou recém urbanizadas. As colônias de cupins do gênero Heterotermes caracterizam-se por formar ninhos difusos e dispersos por áreas extensas.

O Heterotermes assu, tem sido identificado causando grandes prejuízos na cidade de São Paulo. Inicialmente identificado na região litorânea, foi introduzido na região do planalto, disseminando-se por cidades como Campinas e São Paulo, em bairros como o Morumbi e Jardins.

Para sua identificação, os soldados têm como características básicas, a cabeça amarelada e alongada, em formato retangular, além de possuírem mandíbulas longas, finas e retilíneas.

Devido às suas características de formar ninhos difusos, o seu controle por meio do sistema de iscas, tem exigido um tempo superior ao necessário para o controle de Coptotermes gestroi.

Por formarem colônias que ficam estrategicamente posicionadas no local em que se instalam, os trabalhos de controle destas pragas exigem extremos cuidados e conhecimento, por isso investimos em conhecimento técnico de alta qualidade, o que faz com que seus colaboradores tenham maior know-how, e obtenham os melhores resultados em suas atividades.